Saltar para o conteúdo principal da página

Princípio 7. Use standards abertos e plataformas comuns da Administração Pública

02.11.2022

Definição

O que quer dizer este princípio?

Os standards e plataformas comuns da Administração Pública são ativos transversais às várias entidades e organismos públicos, que funcionam como aceleradores de projetos/ iniciativas, pois podem ser utilizados conforme as necessidades, não requerendo desenvolvimentos de raiz. Estas plataformas comuns constituem um precioso ativo, que permitem economizar tempo e recursos pela possibilidade de reutilização de soluções e tornar a experiência dos utilizadores cada vez mais semelhante entre os vários serviços.

Benefícios

Porque é que é importante?

  • Responde às necessidades dos utilizadores de forma mais célere, usando soluções que já estão desenvolvidas e comprovadas;
  • Torna a experiência dos cidadãos e empresas mais consistente ao nível dos diversos serviços públicos, aumentando confiança dos utilizadores e a eficiência na utilização dos serviços;
  • Economiza tempo e dinheiro para a Administração Pública, reutilizando componentes que já se encontram disponíveis;
  • Promove a interoperabilidade e consequente eficiência na Administração Pública, partilhando dados de forma adequada;
  • Contribui para a melhoria célere das plataformas comuns, devido ao elevado número de entidades e organismos que as utilizam e reportam ações de melhoria contínua;
  • Reduz a dependência de fornecedores externos e permite um acompanhamento mais próximo e personalizado.

Legislação e regulamentos

O que é obrigatório cumprir?

Boas práticas

O que seria interessante fazer?

Faça um levantamento das necessidades digitais/ tecnológicas, através da compilação de requisitos técnicos e funcionais e consulte as plataformas comuns no Mosaico

Realize uma gap analysis, priorizando os requisitos identificados e avaliando quais as plataformas comuns da Administração Pública que poderiam dar resposta.

Procure estabelecer pontos de contacto com outros serviços da Administração Pública, através das capacidades de interoperabilidade para fomentar o princípio de "Uma única vez" - Once Only.

Garanta, na medida do possível, a interoperabilidade de outras soluções/ ferramentas com as plataformas comuns da Administração Pública.

Este princípio está relacionado com os seguintes elementos do Mosaico...

Peça fundamental do Mosaico, os princípios assumem-se como as orientações estratégicas fundamentais para todas as equipas da Administração Pública com a responsabilidade de criar e evoluir qualquer serviço público digital.

Ver todos os princípios