Saltar para o conteúdo principal da página

Princípios de arquitetura 1. Maximizar os benefícios para o cidadão

09.11.2022

Declaração

O que se pretende?

As decisões são tomadas por forma a proporcionar o máximo benefício para os Cidadãos e para a Administração Pública e, não apenas para a entidade ou organismo.

Fundamentação

Quais os benefícios?

As decisões feitas numa perspetiva da Administração Pública têm maior valor a longo prazo do que quaisquer decisões feitas em perspetiva da entidade que a integra.

Para maximizar o retorno de investimento é necessário que as decisões da entidade se enquadrem com os objetivos e prioridades da Administração Pública.

Implicações

Quais os requisitos?

  • Em algumas decisões, as entidades podem ter que ceder um pouco nos seus interesses individuais para o maior benefício da Administração Pública;
  • Os componentes aplicacionais devem ser partilhados para todas as entidades públicas;
  • As iniciativas devem ser conduzidas de acordo com a estratégia transversal para a Administração Pública e o respetivo plano. Se a iniciativa planeada, não estiver em conformidade, esta tem que ser revista e o seu plano de execução atualizado em conformidade.

A robustez da arquitetura empresarial da Administração Pública é fundamental para a qualidade dos serviços públicos digitais e este trabalho deve ser norteado por princípios claro e inequívocos.

Ver todos os princípios