Saltar para o conteúdo principal da página

Especialista de Sistemas

Desenha e integra componentes de sistemas TIC incluindo hardware, software e serviços
Atualização26.10.2023

Definição

O que significa ser Especialista de Sistemas?

O Especialista de Sistemas possui um conhecimento profundo de tecnologias, plataformas e padrões de desenvolvimento, e trabalha para garantir a integração eficiente e eficaz das tecnologias para atender às necessidades da organização. O Especialista de Sistemas colabora com as partes interessadas, como clientes ou equipa de desenvolvimento, para compreender as necessidades e os requisitos do serviço. Através da análise dos objetivos do negócio, das restrições técnicas, requisitos funcionais, escalabilidade, segurança, desempenho e interoperabilidade para determinar a melhor abordagem na definição da arquitetura do serviço.

O Especialista de Sistemas garante que as melhores práticas e todas as políticas de segurança são definidas para a organização. Além disso, um Especialista de Sistemas tem um elevado conhecimento das tendências tecnológicas de forma a desenvolver soluções eficientes e alinhadas com os objetivos de negócio da organização.

Missão

Quais os objetivos deste perfil?

  • Desenhar, integrar e implementar soluções técnicas complexas de TIC garantindo que os procedimentos e modelos de desenvolvimento são atuais e cumprem as normas estabelecidas;
  • Monitorizar os desenvolvimentos de novas tecnologias;
  • Fornecer liderança tecnológica no desenho de arquitetura.

Legislação e Regulamentos

O que é obrigatório cumprir?

Principais atividades

Quais as principais tarefas deste perfil?

  • Desenhar, especificar e implementar a arquitetura de soluções TIC complexas;
  • Avaliar as soluções tecnológicas existentes no mercado e a relação custo-benefício da sua adoção;
  • Desenvolver e integrar componentes;
  • Liderar e conduzir a integração de sistemas;
  • Assegurar a incorporação da segurança no desenho da arquitetura;
  • Analisar os requisitos técnicos e comerciais;
  • Desenvolver e manter um registo completo dos requisitos não funcionais.

Experiência relevante

O que é importante ter?

  • Experiência no desenho, implementação, acompanhamento e gestão de arquiteturas;
  • Experiência em tecnologias Cloud (ex. Azure, AWS, Google, IBM Cloud);
  • Experiência no desenho de interfaces de aplicações entre sistemas (ex. Web Services, APIs Rest).