Saltar para o conteúdo principal da página

Arquiteto Empresarial

Concebe e mantém a arquitetura integrada dos processos de negócio e sistemas de informação
Atualização26.10.2023

Definição

O que significa ser Arquiteto Empresarial?

O Arquiteto Empresarial ocupa uma função estratégica na sua organização, já que é responsável por projetar e implementar a arquitetura TIC alinhada aos objetivos de negócio da entidade. O Arquiteto Empresarial trabalha para garantir que os sistemas, processos e tecnologias estão integrados de forma eficiente e eficaz para atender às necessidades da organização.

Este perfil é responsável por compreender os objetivos de negócio, identificar as necessidades e requisitos das áreas funcionais e propor soluções tecnológicas alinhadas com a visão estratégica da empresa. Para além disso, assegura a definição de padrões, frameworks e modelos que apoiam na implementação e integração dos sistemas pelas equipas.

Missão

Quais os objetivos deste perfil?

  • Fornecer uma visão global da estratégia da organização, dos processos, da informação, da segurança e dos recursos TIC;
  • Relacionar a missão, a estratégia e os processos empresariais com a estratégia informática;
  • Garantir que as escolhas dos projetos são integradas de forma consistente, eficiente e sustentável, de acordo com os padrões digitais da organização.

Boas práticas

O que seria interessante fazer?

Verificar que entidades públicas recolhem os mesmos dados

Fazer o levantamento de outras entidades públicas que recolhem ou dispõem dos mesmos dados e documentos, registando e mapeando esta informação.

Pesquisar e identificar tipologias de necessidades especiais

Pesquisar e identificar, à priori, a tipologia de necessidades especiais que podem emergir e definir perfis de utilização para o serviço público digital, criando diferentes cenários e experiências.

Garantir que a equipa possui uma visão geral dos trabalhos em curso

Garantir que toda a equipa possui uma visão geral dos trabalhos em curso e dos prazos a cumprir, mesmo não estando diretamente ligados. Perceber como o nosso trabalho está a impactar o trabalho das outras equipas e como as tarefas estão ligadas. Realizar reuniões de acompanhamento diário com a equipa para fazer um ponto de situação rápido e desbloquear problemas que estejam a impedir avançar os trabalhos.

Aplicar a arquitetura de referência

Aplicar a arquitetura de referência. Mapear as soluções existentes e avaliar a sua complexidade e criticidade e sugerir novas soluções tecnológicas e melhorias.

Legislação e Regulamentos

O que é obrigatório cumprir?

Principais atividades

Quais as principais tarefas deste perfil?

  • Alinhar a estratégia das TIC e o planeamento digital com os objetivos empresariais da organização;
  • Antecipar as necessidades futuras da organização e planear a forma como a arquitetura suporta as mudanças;
  • Simplificar os processos empresariais, funções e fluxos de trabalho e aplicar uma abordagem de implementação consistente;
  • Gerir o envolvimento dos stakeholders no desenvolvimento de novos processos e sistemas;
  • Conduzir revisões pós-implementação para avaliar os benefícios obtidos com os novos processos e sistemas;
  • Avaliar o impacto das mudanças no ecossistema da organização (ex. políticas, técnicas, legais) na arquitetura da organização.

Experiência relevante

O que é importante ter?

  • Conhecimento das tendências tecnológicas e experiência na aplicação prática de tecnologias a modelos de negócio;
  • Experiência no desenvolvimento de projetos de arquitetura organizacional, estratégia e roadmap;
  • Experiência em engenharia de software, aplicações e infraestruturas informáticas.